Exposição | Pequenos Experimentos Gráficos com o Alumínio

Fonte: http://ccaluminio.com.br

Convite para exposição coletiva de gravuras em pequeno formato!

Parabéns a todos os colegas de oficina, expositores e organizadoras !

 

Para mim, essa mostra foi uma inesperada e positiva surpresa…!

Participo com uma pequena gravura inspirada pela paisagem do Rio de Janeiro… paisagens da memória…

20200220_182946

matriz de alumínio, exposta no CCAL.

 

Gravura em alumínio | ponta-seca e ácido direto

20200206_153551

#1 acima: Prova de estado, 1st p.

20200206_153559

#2 acima: matriz em alumínio; segunda aplicação de ácido direto sobre a chapa.

20200206_163302

#3 acima: última print da sequência.

Calcografia, ponta-seca e ácido direto sobre chapa de alumínio

‘Espelho dos Dois Irmãos’, ARBalsini, 2020.

&&&

Depois de um longo tempo sem postar por aqui, retorno… para os poucos que acompanham este blog, uma explicação… o doutorado tem tomado todo o meu tempo (e pensamentos…)

Esta imagem é resultado da participação em oficina no Centro Cultural do Alumínio – CCAL, sob a coordenação de Helena Freddi, com a Bruna Kim e a Julia Bastos. Os trabalhos participarão de exposição na sede do CCAL.

Sobre a imagem… não se trata de uma representação exata do morro Dois Irmãos… não é uma paisagem real… o desenho foi feito de memória, diretamente sobre o alumínio… uma memória idílica, um retorno ao tempo perdido… saudades. Uma paisagem interna, eu diria…

Publicação em Rabiscos

Link para publicação de gravura na seção Rabiscos, do Vitruvius.

http://www.vitruvius.com.br/jornal/charges/4659?page=01

(Espejo del Parque Lezama – linogravura)

IMG_1836

Compõe uma série: Espelhos da Paisagem. Encaminhamos cinco imagens para Rabiscos… devem ser publicadas aos sábados…

(Agradecimentos ao prof. Abílio Guerra).

###

Algumas anotações sobre a série (em andamento, aos poucos, sem pressa…)

São quatro linogravuras e uma gravura em buril sobre cobre (com matriz auxiliar em PVC para colorização).
A série trata de paisagem, cidade e natureza, morfologia urbana. Todas as imagens foram captadas anteriormente em fotografia pelo autor. Registros de viagens em Salvador e Buenos Aires, o bairro de Perdizes em São Paulo, duas vistas do Rio: As Cagarras, vistas desde o Cristo, e o morro de Mangueira [uma visita com colegas arquitetos em 1998, por conta de um concurso, rendeu uma imagem panorâmica, bastante rara, do morro).
O nome espelhos trata de uma característica da representação em gravura: se a representação do real está na matriz, as impressões, por sua vez, são um espelho do real. Preferimos assumir as imagens em espelho, para que o processo de representação sobre a matriz ficasse preservado.
linogravuras:
espejo del Parque Lezama, 17x17cm, ARBalsini, 2016 (Buenos Aires)
espelho de Mangueira, 39×10,5cm, ARBalsini, 2015, (Rio de Janeiro)
espelho das Perdizes, 27x15cm, ARBalsini, 2016 (São Paulo)
espelho do Unhão, 30 x19cm, ARBalsini, 2016 (Salvador)
gravura em buril sobre cobre (com matriz auxiliar em PVC, colorização, auto-relevo)
espelho das Cagarras, 20x14cm, ARBalsini, 2015 (Rio de Janeiro)