MUSEU NACIONAL : ‘In Memorian’ | Ex Libris

MUSEU NACIONAL : ‘In Memorian’, Ex Libris 2018, ARBalsini. Litografia.

Litografia impressa nas oficinas do Sesc Pompéia, em 2018, contando com a presença do Mestre Valdir Flores.

Essa litografia foi criada para participar da International Ex Libris Exhibition Skopje de 2018. No entanto, o correio para a Macedônia demorou… a gravura chegou após o prazo… Pudemos enfim, participar da edição de 2020! Uma honra… Artistas talentosos participando. Os artistas do Leste europeu são uma referência na gravura…

Naquele momento, o incêndio no Museu Nacional era assunto recente. Um sinistro que vinha premiar o descaso, o pouco valor dado à cultura e à ciência no Rio de Janeiro. Em plena Quinta da Boa Vista, ardeu o antigo palácio do Império e perdeu-se acervo de valor incalculável… um total absurdo… como estamos distantes de uma cultura do patrimônio…

Sempre que relembro o Museu Nacional lembro das histórias de minha mãe… uma estudante de biologia e estágiaria de carcinologia no museu (estudava crustáceos marinhos…), mas que me contava histórias especialmente sobre as múmias egípcias que pertenciam à coleção do museu…

,,, e resistiu somente o meteorito de Bendegó.

Litografia, detalhe. ARBalsini, 2018.
Litografia, detalhe. ARBalsini, 2018.
Litografia, detalhe. ARBalsini, 2018.

Vencer o ‘anjo da morte’ | xilogravura

Detalhe da matriz gravada à buril.

Vencer o ‘anjo da morte’, xilogravura de topo (pitangueira), ARBalsini, 2020 (in progress)

Overcoming the angel of death

This is one of the 72 names of god

At this time, seems like a good opportunity to meditate on that…

Nithael is another expression of this name… and 54 is its number

In kabbalah, the angel of death is not only physical death, but also about the death of initiatives, enterprises, and work, in the various spheres of life

In other words, it is about overcoming the principle of decay that acts on all things… and it is about overcoming our own desire to receive infinitely…

It seems that we must find the desire to donate in our hearts.

Exposição | Pequenos Experimentos Gráficos com o Alumínio

Fonte: http://ccaluminio.com.br

Convite para exposição coletiva de gravuras em pequeno formato!

Parabéns a todos os colegas de oficina, expositores e organizadoras !

 

Para mim, essa mostra foi uma inesperada e positiva surpresa…!

Participo com uma pequena gravura inspirada pela paisagem do Rio de Janeiro… paisagens da memória…

20200220_182946

matriz de alumínio, exposta no CCAL.

 

Gravura em alumínio | ponta-seca e ácido direto

20200206_153551

#1 acima: Prova de estado, 1st p.

20200206_153559

#2 acima: matriz em alumínio; segunda aplicação de ácido direto sobre a chapa.

20200206_163302

#3 acima: última print da sequência.

Calcografia, ponta-seca e ácido direto sobre chapa de alumínio

‘Espelho dos Dois Irmãos’, ARBalsini, 2020.

&&&

Depois de um longo tempo sem postar por aqui, retorno… para os poucos que acompanham este blog, uma explicação… o doutorado tem tomado todo o meu tempo (e pensamentos…)

Esta imagem é resultado da participação em oficina no Centro Cultural do Alumínio – CCAL, sob a coordenação de Helena Freddi, com a Bruna Kim e a Julia Bastos. Os trabalhos participarão de exposição na sede do CCAL.

Sobre a imagem… não se trata de uma representação exata do morro Dois Irmãos… não é uma paisagem real… o desenho foi feito de memória, diretamente sobre o alumínio… uma memória idílica, um retorno ao tempo perdido… saudades. Uma paisagem interna, eu diria…